Nota Técnica

Nota Técnica #09 – Eleitores e apoiadores de Bolsonaro respeitam menos a quarentena

Contrário às recomendações da OMS e ao consenso científico, no dia 24 de março de 2020 o presidente Jair Bolsonaro, em pronunciamento oficial, defendeu o relaxamento do distanciamento social que estava sendo implementado como medida de contenção à disseminação da COVID19. Mostramos três evidências, com diferentes fontes de dados e métodos de análise, de que o relaxamento do distanciamento social posterior ao pronunciamento foi mais forte entre apoiadores do presidente: 1) duas pesquisas de opinião indicam que pessoas que avaliam bem o desempenho do presidente respeitam menos o distanciamento social, 2) estados em que Bolsonaro recebeu mais votos relaxaram mais rápido a quarentena e 3) dentre os municípios paulistas mais populosos, aqueles em que o presidente recebeu mais votos são os que apresentam menor índice de distanciamento social.

Coordenação da pesquisa: Márcio Moretto

Estatísticos: Thiago T. Varella e Leonardo Zeine

Repercussão: DW

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição Não Comercial Compartilha Igual 4.0 Internacional.

Download

covid

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *