Pesquisa

Ato contra a reforma da previdência 31/03/17

Pesquisa realizada na manifestação do dia 31 de março de 2017 sobre identidades políticas, guerras culturais e posicionamento frente a debates atuais sobre política. Foram realizadas entrevistas com manifestantes maiores de 16 anos, entre as 14:00 e as 19:00 e distribuídas por toda a extensão da Avenida Paulista, São Paulo.

Os números nas tabelas e gráficos abaixo se referem a porcentagem, exceto quando indicado.

Resultado de 442 entrevistas; margem de erro máxima com 95% de confiança: 4.7%
Coordenadores: Esther Solano (UNIFESP), Pablo Ortellado (USP) e Márcio Moretto Ribeiro (USP)
Tratamento estatístico: André Chalom
Repercussão na imprensa: Folha de São Paulo